Sabia que beber cerveja faz bem à saúde?

E se você descobrisse que beber cerveja faz bem e não tem só efeitos colaterais ruins? Seria um alívio e tanto, né? Ainda mais pra quem marca ponto no buteco. Pois esse texto traz algumas informações interessantes pra você, cervejeiro.

LÚPULO É BOM CONTRA GRIPE E PNEUMONIA

No entanto, um dos principais ingredientes da cerveja é o lúpulo. Pra quem não sabe, o lúpulo é um vegetal usado para se obter determinados aromas e estabilizar os sabores da cerveja.

Em contrapartida, a planta também promove a produção de polifenóis, que são substâncias anti-inflamatórias geralmente encontradas em frutas. Médicos sempre recomendam vinho justamente pela bebida ser rica da substância. No entanto, os polifenóis são muito úteis também para evitar a contração de doenças virais pela respiração, como gripe ou pneumonia.

COMBATE A INSÔNIA

É claro… Você não vai ter problemas pra dormir se beber até cair. Brincadeira! Você não precisa encher a cara com essa desculpa. No entanto, uma lata para as mulheres e, no máximo, duas para os homens já são o suficiente.

O lúpulo também tem propriedades levemente sedativas. Dois dos principais motivos da insônia são o estresse e a ansiedade. Graças ao efeito sedativo do lúpulo, ele “acalma” o sistema nervoso, evitando assim que os sintomas da insônia apareçam ou mesmo os aliviando um pouco.

Beber cerveja faz bem
EVITA PEDRA NOS RINS

Cerveja faz mijar, certo? O contrário também é verdadeiro. Se você toma algo que te faz produzir mais urina, naturalmente, o aparecimento de pedra nos rins terá menos chances de ocorrer. Mas cuidado, pois a cerveja não é apenas água. Outros componentes da bebida, se ingerida em excesso, podem fazer o efeito não surtir da maneira desejada e te causar outros problemas.

EVITA PROBLEMAS CARDIOVASCULARES

Mais uma vez, esse efeito requer o equilíbrio, podendo surtir o efeito contrário se cometermos exagero.

A cerveja possui algumas vitaminas – entre elas a B6 – que ajudam a fortlecer o sistema cardiovascular. Um sistema cardiovascular fraco pode sofrer com a obstrução de veias ou artérias, o que pode nos causar um acidente vascular cerebral (derrame) ou até um infarto.

CERVEJA PRETA REDUZ O COLESTEROL RUIM

Lembra quando seu avô falava que cerveja escura era remédio? Pois é, parece que o velho não tava mentindo de tudo. A cerveja promove a diminuição dos índices de LDL – o colesterol ruim – no nosso organismo. Isso ajuda ainda mais no fortalecimento do sistema cardiovascular.

PREVINE O ALZHEIMER

Oi? É isso mesmo que você leu. A Universidade de Loyola, dos EUA, realizou uma série de estudos sobre doenças mentais e a relação destas com o álcool. Ademais, entre as mais de 350 mil pessoas analisadas, aquelas que consumiram cerveja durante o processo apresentaram 20% menos risco de desenvolverem a doença alzheimer.

Então, é bom reforçar que estamos falando de algo entre uma e duas latinhas. Óbvio que se você exagerar na bebida, os efeitos não só serão obtidos, como você pode desenvolver diversos problemas.

Esperamos ter ajudado e um viva à breja!